5 destinos para curtir festas juninas pelo Brasil

Conheça a origem dessa festa e saiba tudo sobre os lugares mais legais para aproveitar essa época

Junho de 2016 – Está aberta a temporada de festas juninas, celebração que nasceu na Europa e chegou ao Brasil trazida pelos portugueses, onde encontrou um terreno fértil para continuar crescendo. Os índios tinham o costume de celebrar a colheita da mandioca e do milho nessa mesma época do ano.

Foi o casamento perfeito: desde então esses ingredientes nunca mais saíram do cardápio obrigatório das festas juninas nacionais, que alcançam sua máxima força no Nordeste do País. O Guichê Virtual,
startup líder na venda online de passagens de ônibus do país, listou as melhores opções para curtir essa festança.

1 – São João de Campina Grande (PB)
Período:
 de 3 de junho a 3 de julho
A festa: Conhecido como o maior São João do planeta, atrai anualmente 3 milhões de pessoas durante os trinta dias de duração. Para este ano, mais de 200 atrações se apresentarão pelos 43 mil m² preparados para a festa, entre elas Elba Ramalho (23/6) e Aviões do Forró (3/7). O desfile de jegues é uma das muitas atrações curiosas do evento.

2 – São João de Caruaru (PE)
Período:
 de 4 a 29 de junho
A festa: A cidade pernambucana de Caruaru – apelidada de capital mundial do forró – disputa com Campina Grande o protagonismo do São João. Com apenas 2 mil m² a menos de área de festa, a cidade traz neste ano mais de 400 shows divididos em 5 polos. Wesley Safadão (25/6) e Gusttavo Lima (28/6) são os mais procurados.

3 – Forró Caju (Aracaju – SE)
Período:
 de 18 a 29 de junho
A festa: 1 milhão de pessoas devem visitar Aracaju até o final do mês por conta do tradicional Forró Caju, festa que desde 2001 se transformou em um megaevento nacional, com praça de alimentação, camarote e uma overdose de atrações de forró para todos os gostos. Na divulgação, a Prefeitura da cidade investe na imagem de ‘capital nordestina da qualidade de vida’ para atrair turistas.

4 – São João do Recife (PE)
Período:
 16 a 30 de junho
A festa: O chamado ciclo junino da capital pernambucana dura 15 dias e reúne uma extensa programação artística, da qual se destaca o concurso de quadrilhas (de 17 a 22/6). Neste ano, a festa homenageará dois ícones da música nordestina: o poeta e cantador cearense Santanna e a Dona Glorinha do Coco, que lançou seu primeiro disco aos 81 anos de idade e com ele foi finalista do Prêmio da Música Brasileira, no ano passado.

5 – Bumba Meu Boi (São Luís – MA)
Período:
 13 a 30 de junho
A festa: A maior festa do Maranhão começa no Dia de Santo Antonio e acaba no dia de São Marçal. Caracterizada pela grande influência do folclore local, marcada por cores e ritmos vibrantes, a lenda do Bumba Meu Boi é encenada durante a festa. Nela, um escravo mata o ‘boi mais bonito’ do senhor de engenho para satisfazer sua mulher, que estava grávida e com desejo de comer língua de boi. Para não sofrer as torturas do patrão, o escravo convoca um curandeiro para ressuscitar o animal, quando acontece o ápice do espetáculo.

No site do Guichê Virtual, você encontra passagens para todos esses destinos. O preço varia de R$ 350 a R$ 650.

Sobre o Guichê Virtual

A plataforma do Guichê Virtual permite que as pessoas comprem passagens de ônibus de diversas empresas para todo o Brasil. A startup foi fundada pelos empreendedores Thiago Carvalho, Rodrigo Barbosa e Halyson Valadão, trio de engenheiros do Instituto Tecnológico Aeronáutico (ITA), em São José dos Campos (SP).

A empresa entrou em operação no início de 2013 com capital próprio dos sócios. Em 2016 recebeu sua primeira rodada de investimentos, liderada pela gestora de capitais Kaszek Ventures - fundo liderado por Hernan Kazah e Nicolas Szekasy, co-fundador e ex-CFO do Mercado Livre, respectivamente.

Neste ano, a Guichê Virtual pretende consolidar sua liderança de mercado e superar a marca de 2 milhões de passagens vendidas.

 

 

 

Agenda CulturaFestas e EventosGuiche VirtualNR-7 Comunicação