Alunos da Belas Artes são destaques na MADE

 

 

Nicho de Leitura Infantil, inspirado no livro "De quem é esta casa?", da Ciranda Cultural, projeto dos alunos Amanda Coelho, Lais Julie, Nathalia Kiyoko, Ricardo Tribuna e Thais Farias.

 

 

Belas Artes é a única instituição de ensino superior presente na feira 

  

O Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, a mais antiga instituição de ensino superior de economia criativa do Brasil, participa, pela primeira vez, da MADE – Mercado, Arte, Design – feira internacional de design colecionável, que ocorrerá entre os dias 8 e 14 de agosto, no Jockey Club.

A instituição vai apresentar peças desenvolvidas por alunos, criadas especialmente para o público infantil. O mobiliário, selecionado por um júri de professores e representantes da MADE, incluindo Waldick Jatobá, faz parte de um projeto desenvolvido no curso de Arquitetura e Urbanismo da Belas Artes, coordenado pela professora Denise Xavier, que reúne alunos que se dedicam ao estudo do mobiliário com enfoque na promoção do design inclusivo.

As peças estão alinhadas com todos os preceitos da inclusão e sustentabilidade e tem a proposta de serem adequadas para ambientes de assistência à infância, com caráter lúdico e pedagógico. Além disso, este projeto também tem o objetivo de mostrar a importância de criar mobiliários com design acessível para o público infantil, já que, de acordo com a conclusão do último Censo divulgado pelo IBGE, atualmente, 7,6% da população brasileira são crianças com idade de até cinco anos.

“Os mobiliários desenvolvidos funcionam como meios comunicativos de estimulo à criança e define o objeto como um mediador entre ela e o espaço em que está inserida, aumentando o seu contato com a realidade física e auxiliando no desenvolvimento de sua autonomia”, explica a professora Denise.

Neste ano, todas as peças foram concebidas tendo como referência um livro infantil escolhido por cada equipe. “Neste sentido, o mobiliário torna-se uma extensão do lúdico das histórias e das belas ilustrações que cada livro traz”, completa a professora.

 A participação na MADE compõe o espaço ROTAS, em que a Belas Artes proporciona aos seus estudantes a experiência de estarem conectados com o mercado

                                                       

        Inspirado no livro "Abecedário de Aves Brasileiras", de Geraldo Valério, o mobiliário foi criado pelos alunos Beatriz Aguiar; Beatriz Coneglian; Camila Melo; Pedro Spinola; Thainá Comelli e Tuysa Casteli.

                                                                                        

          Inspirado no livro "A vida é um trem", de Alexandre Camanho, a peça foi idealizada pelos alunos Aline Viana, Amanda Zolesi, André Ahagon, Andressa Bedin, Carolina Raposo, Luana Alves, Mayara de Sá e Nicholas Caramello.

  

Sobre o Centro Universitário Belas Artes de São Paulo

Fundado em 23 de Setembro de 1925, o Centro Universitário Belas Artes de São Paulo é uma das mais tradicionais instituições de ensino do país. Dividida em mais de 20 unidades, localizadas na Vila Mariana, a instituição é reconhecida pelo ensino com personalidade, e oferece 15 cursos de graduação, 13 de pós-graduação e uma lista completa e dinâmica de cursos livres e de extensão.

O Centro Universitário Belas Artes de São Paulo é a escola ideal para jovens que valorizam a criatividade, a liberdade de expressão e buscam conhecimento com aplicação prática. Esse ambiente criativo e estimulante é proporcionado pelo caráter interdisciplinar dos cursos, pela qualificação dos professores e pela infraestrutura completa oferecida. Estes são aspectos favoráveis à formação diferenciada do futuro profissional, que poderá exercer a carreira escolhida com competência e personalidade.

Belas ArtesEducaçãoFestas e EventosMarqueterie Comunicação