Outubro Rosa campanha para conscientização do Câncer de Mama

Por Érica Neves, especialista em aplicação
da Agfa HealthCare Brasil
 

Com a chegada da primavera, o tempo ameno auxilia o bem-estar e a saúde. Desde a década de 1990, outro símbolo vem se juntando às flores para marcar a sutileza e importância do período: o laço representativo do Outubro Rosa.

A campanha mundial de conscientização contra o câncer de mama é extremamente importante, pois tem como objetivo alertar as mulheres e toda a sociedade sobre a prevenção e o diagnóstico precoce da doença.


De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), no Brasil a estimativa é que sejam contabilizados 596 mil novos casos ainda este ano. Já de acordo com pesquisa do International Agency for Reseach on Cancer (IARC), na América Latina são diagnosticados 150 mil novos casos de câncer de mama metastático a cada ano, dos quais mais de 40 mil evoluem para o óbito.

Manter os exames em dia a fim de realizar um diagnóstico precoce assegura uma melhor qualidade de vida e aumenta as chances de cura da paciente, realizando regularmente a ultrassonografia mamária e a mamografia, e até mesmo a tomossíntese – conhecida por mamografia 3D, segundo recomendação do Ministério da Saúde.

Nos últimos anos, houve um grande salto na tecnologia dos equipamentos para mamografia. A mamografia analógica – processo em que se revelavam as imagens com uso de produtos químicos, como revelador e fixador, para ter imagens diagnósticas – deu espaço ao procedimento digital, que elimina os químicos e realiza imagens digitais por método direto e indireto.

Enquanto a mamografia analógica estava suscetível às variações de temperatura e de elementos químicos, gerando imagens com artefatos, mal reveladas, mal posicionadas ou até com falta de compressão, o procedimento digital origina imagens de maior qualidade, evitando o diagnóstico equivocado de falsos positivos ou até falsos negativos.

Na técnica direta da mamografia digital, os raios X são transformados em sinal elétrico por cintiladores e, depois de processados pelo software, são transformados em imagens. Já a mamografia indireta usa o mesmo equipamento emissor de raios X da mamografia analógica e, em conjunto com cassetes especiais e um digitalizador de imagens (CR), converte os raios X em imagem.

A evolução dos sistemas de digitalização de imagens (CR) para mamografia digital e radiologia geral permitiu que o mercado tivesse a sua disposição um equipamento capaz de suportar dois tipos de cassetes, que além de qualidade superior de imagem proporciona potencial redução de dose para o paciente. Combinado com um software de processamento de imagens, é possível decompor a imagem digital em diversos níveis diferentes de frequência, tornando mais possível ver detalhes de todos os tamanhos e modular a amplitude do sinal ou contraste de cada intervalo.

Essa tecnologia traz como benefícios agilidade no diagnóstico da imagem ao facilitar as seções de leitura. Ainda, busca minimizar a necessidade de um segundo exame e equívocos de falsos positivos ou falsos negativos e, assim, oferecer maior rentabilidade ao hospital, diminuindo a necessidade de novos exames.

Por isso, o Outubro Rosa é o período marcado para conscientizar a população, mas cabe às mulheres cuidar de sua saúde durante o ano todo. Hoje, contamos com a tecnologia a nosso favor, que nos permite receber um diagnóstico precoce e correto do câncer de mama e, assim, realizar um tratamento adequado.
 

Érica R. das Neves, especialista em aplicação da Agfa HealthCare, é engenheira eletrônica pela Universidade Estácio de Sá e atua no mercado de tecnologia da saúde há mais de 20 anos. Antes de entrar para o time da Agfa HealthCare, em 2005, a executiva compôs a equipe de grande empresas, como GE Medical Systems, Syncrofim Representações LTD e TX Com. Prod. MEd. LTD.

 

Sobre a Agfa HealthCare 

A Agfa HealthCare é líder entre os fornecedores de diagnóstico por imagem e soluções de TI para hospitais e centros de atendimento ao redor do mundo. A divisão de saúde do Grupo Agfa é considerada como um dos fabricantes mais importantes do setor de diagnóstico por imagem, oferecendo tecnologia analógica e digital, assim como soluções de TI adaptadas de acordo com as necessidades dos médicos especializados. Esta divisão do grupo também é um fornecedor-chave de soluções de gestão hospitalar e clínica, integrando fluxos de trabalho administrativos, financeiros e clínicos de hospitais e grupos hospitalares. Para mais informações, acesse www.agfahealthcare.com, blog.agfahealthcare.com  ou envie uma mensagem para healthcare.br@agfa.com.

 

A4eHolofoteAGFA HealthCareSaúdeSaúde Feminina