Rabanada, a queridinha do Rio
No Natal, Prezunic espera vender 10% a mais que em 2015; somente nos itens pão de rabanada e rabanada pronta o número salta para 29% e 50%, respectivamente

O Natal em família é um momento sagrado para grande parte dos brasileiros (92%). E uma boa ceia faz tudo ficar ainda mais especial. No Rio de Janeiro, por exemplo, não pode faltar rabanada – esse é o estado que mais consome pão de rabanada do Brasil, de acordo com levantamento do Cencosud, um dos principais grupos do mercado varejista latinoamericano. Para se ter uma ideia, só nos supermercados Prezunic a expectativa é vender 80 mil pães para confecção do doce e 25 mil rabanadas já prontas nesse fim de ano, 29% e 50% a mais que em 2015, respectivamente. Nas vendas gerais de fim de ano, a rede espera crescer 10%.

“Cada região tem uma peculiaridade. Em alguns lugares do Brasil as pessoas nem sabem o que é rabanada. No Rio, ela é a favorita. O que é comum e não pode faltar em praticamente todos os estados são as aves, pernil, tender, bacalhau, frutas e, claro, o panetone”, afirma o diretor comercial do Prezunic, Alex Ribeiro.

Segundo ele, esses são itens que o consumidor não abre mão, independentemente da crise. Em média, cada família compra três tipos de proteína para a ceia, de acordo com o instituto de pesquisa Millward Brown. Por isso, o Prezunic reforçou os estoques para garantir a oferta dos produtos desejados. São mais de 470 toneladas de aves, incluindo peru; mais de 220 toneladas de pernil; quase 200 toneladas de bacalhau; 97 toneladas de tender; quase 690 toneladas de frutas; e mais de 235 mil unidades de panetones.

Vinhos até 30% mais baratos

“Em 2015, tivemos um crescimento de 9% nas vendas no Natal, apesar da crise. Esse ano esperamos chegar aos 10%. Para conseguir bons preços para nossos clientes, fazemos uma negociação antecipada com os fornecedores”, revela Alex Ribeiro, destacando que um dos diferenciais da rede é no setor de vinhos.

Para acompanhar a ceia de Natal, o vinho não pode faltar em grande parte das casas. Sabendo disso, o Prezunic oferece vinhos importados com preços de 15 a 30% mais baratos que os praticados pela concorrência, pois compra diretamente dos fornecedores nacionais e internacionais.

 

Sobre o Prezunic

A primeira loja Prezunic foi aberta em 2002 e hoje a rede de supermercados possui 31 unidades e um Centro de Distribuição na região metropolitana do Rio de Janeiro. Empregando diretamente cerca de 7.000 pessoas, pela 7ª vez, o Prezunic está entre as 150 melhores empresas para se trabalhar no Brasil e a 4ª melhor do Rio de Janeiro, segundo ranking Great Place to Work (GPTW) 2016.

Em 2011, o Prezunic passou a integrar a Cencosud, um dos maiores grupos varejistas da América Latina, com mais de 50 anos de expertise no setor. No Brasil, além do Prezunic, o grupo possui as bandeiras GBarbosa, Perini, Mercantil Rodrigues e Bretas.

 

 

Dom ComunicaçãoGastronomiaPrezunicReceitas e Culinária