Brasil tem novo medicamento contra compulsão alimentar
Clique na imagem para fazer o Download...
Dr. Flávio Cadegiani
Alta | Web
Clique na imagem para fazer o Download...
Alta | Web
Clique na imagem para fazer o Download...
Alta | Web

Após quatro anos de liberação nos Estados Unidos, a nova droga chega no país em 2017 e é indicada a pacientes com quadro de obesidade

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o registro de um novo medicamento indicado para controle da obesidade, o Belviq. Segundo o endocrinologista Dr. Flávio Cadegiani, a droga não é tão potente quanto outros já autorizados, mas tem ação direta na redução da compulsão alimentar.

Cadegiani observa que muitos tratamentos contra a obesidade fracassam porque os pacientes fazem escolhas racionais, quando na verdade há toda uma questão química envolvida. “A comida está mais próxima das drogas ilícitas do que nós imaginamos. As pessoas não possuem essa visão e não tratam com esse olhar”, esclarece.

Dr. Flávio explica que a obesidade é uma doença crônica, inflamatória e grave, o que a torna difícil de ser tratada. O médico, fundador da Corpometria, acredita que a falta de habilidade no manejo do tratamento da obesidade com fármacos e a falta de esclarecimentos acerca dos benefícios dos remédios quando bem usados podem ser as razões para o aumento das cirurgias bariátricas. “Medicamentos contra a obesidade têm sido inseridos no tratamento, porém muitas vezes dissociados de outras terapias, como atividade física e prescrição de dieta por nutricionista. Ou seja, a farmacoterapia tem sido normalmente aplicada sem uma contrapartida não farmacológica”, conclui.

Belviq foi lançado há cerca de quatro anos nos Estados Unidos e em países da Europa e chega no Brasil em 2017. O medicamento é indicado a pacientes com quadro de obesidade (índice de massa corporal igual ou maior do que 30 kg/m2) e alguns casos de sobrepeso, quando o paciente tem índice igual ou maior que 27 kg/m2 associado à presença de pelo menos uma doença relacionada, como hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes tipo II e apneia do sono.

 

Obesidade

Um dos maiores problemas de saúde que o brasileiro enfrenta é luta com a balança. Um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que mais da metade da população nacional sofre com sobrepeso ou obesidade. Segundo o estudo, 60% dos cidadãos estão com o Índice de Massa Corpórea (IMC) igual ou maior do que 25, o que caracteriza um quadro de peso acima do indicado. Ainda segundo a pesquisa, 20% dos jovens com 18 anos ou mais estão na faixa da obesidade.

 

Clínica Corpometria
SGAS 915, Centro Clínico Advance, Sala 262, Brasília/DF
Telefone: (61) 3346-4733
E-mail: contato@corpometria.com.br

 

CorpometriaMercado AlimentícioObjetiva ComunicaçãoSaúde