Vagas em curso para quem tem ou quer ter uma startup

"Startup de A a Z" tem o objetivo de incentivar o movimento empreendedor no Brasil
 

Muitas pessoas têm dúvida sobre o que fazer para começar uma startup. Além disso, quem já tem uma startup algumas vezes têm dúvidas que vão desde a validação do modelo de negócios e como funciona o processo de aceleração até a organização jurídica e negociação com os investidores. Pensando nisso, o StartSe, maior integrador e agente econômico do ecossistema de startups no Brasil, criou há cerca de um ano o curso Startup de A a Z: Construindo Negócios Campeões. Nesse período foram mais de 4 mil empreendedores capacitados e centenas de horas de conteúdo compartilhadas. 

Para a primeira turma de 2017, que terá início no dia 26 de janeiro, uma nova versão do curso, totalmente remodelada, trará professores diferentes e mais conteúdo de qualidade. Grandes nomes do ecossistema de startups se juntam a especialistas para oferecer o maior suporte possível para quem quer ter uma startup ou já possui uma, em fase inicial de desenvolvimento.


O curso terá início no dia 26 de janeiro e conta com dois encontros ao vivo, nos dias 01 e 02 de fevereiro, sempre às 20h. Os participantes poderão interagir nas atividades ao vivo e enviar dúvidas por meio de um chat. Quem não puder assistir ao vivo, poderá acessar o conteúdo gravado e disponível por 90 dias.

“Além de atuarmos como um hub de informações sobre o mercado, também queremos ajudar, por meio de conteúdos de alta qualidade, os interessados em se tornar empreendedores no país, além de ajudar a dar um norte para aqueles que já começaram, mas ainda possuem dúvidas sobre esse universo”, comenta Pedro Englert, CEO do StartSe.

 

Sobre o StartSe
Fundado por Junior Bornelli e João Evaristo, o StartSe agora conta com ex-sócios da XP Investimentos, como Pedro Englert, Maurício Benvenutti, Eduardo Glitz e Marcelo Maisonnave, e se torna o maior integrador e agente econômico do ecossistema de startups no Brasil, que reúne empreendedores, investidores-anjo, fundos de investimento, mentores e profissionais técnicos, aceleradoras e centros tecnológicos, agências governamentais e corporações já estabelecidas. Atualmente conta com mais de 12 mil empreendedores cadastrados, 4 mil startups e 3 mil investidores. Além disso, seus materiais educativos já alcançaram mais de 70 mil pessoas, de um total de 500 mil pessoas impactadas pelas ações do StartSe todo mês. Ao todo são 14 e-books, 20 hangouts gravados com as maiores personalidades do ecossistema, 10 cursos diferentes e 2 programas internacional, levando grupos seletos de profissionais para uma experiência única no Vale do Silício, com o programa Missão Vale do Silício e a Missão Corporativa ao Vale do Silício.
 

Empreendedorismo e StartupPiaRStartSe