Curso técnico prepara jovens para driblar o desemprego

 

Colégio Anchieta, no ABC, oferece cursos nas áreas de administração, eletrônica, informática e química também para alunos de outras escolas

 

Os jovens são os mais impactados pelo desemprego. Dados divulgados no fim de 2016 pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) revelam que o desemprego chega a 27,7% para jovens de 14 a 24 anos, mais que o dobro dos 11,8% válidos para a média de todas as faixas etárias. Isso significa que quem precisa trabalhar logo após concluir o ensino médio sofre ainda mais no mercado de trabalho, cada vez mais competitivo.

Por esse motivo, se qualificar durante o ensino médio é cada vez mais uma boa opção para ampliar as chances de conseguir um emprego logo após a conclusão do curso. E há instituições de ensino privadas e públicas focadas em oferecer formação técnica concomitante ao ensino médio. O Colégio Anchieta, de São Bernardo do Campo, é um destes casos. Além de oferecer ensino médio e técnico aos seus alunos, a instituição oferece a possibilidade de cursos técnicos nas áreas de administração, eletrônica, informática e química para jovens do ensino médio regular de outras escolas.

“Queremos dar aos jovens – sejam eles nossos alunos ou não – a chance de se qualificar para o mercado de trabalho por meio da estrutura e método da nossa escola”, afirma Marco Gregori, diretor-geral do Colégio Anchieta e criador da Rede VIAe, método focado em estimular competências e habilidades demandadas para o século 21, como empreendedorismo, tecnologia, colaboracionismo, entre outros. “Com os cursos, o jovem aprende o que é necessário para o mercado de trabalho hoje, ou seja, não apenas o conhecimento técnico, mas também as habilidades socioemocionais e competências para se desenvolverem em suas carreiras”, afirma.

As mensalidades dos cursos técnicos do Anchieta ficam em R$ 190,00 e a aulas duram de 12 a 18 meses com duas a três aulas por dia, com início às 12h40. "Desenhamos a grade e definimos o horário especialmente para atender alunos que vem de outras escolas e desejam terminar o ensino médio já com uma profissão", explica Gregori. Para se inscrever, basta acessar o site http://bit.ly/cursostecnicosanchieta.Para mais informações: http://www.site.portalanchieta.com.br

Sobre a Rede VIAe

A Rede VIAe é o método educacional aplicado nas escolas da Eduinvest. Idealizado pelo empreendedor Marco Gregori, sua proposta é estimular competências e habilidades demandadas para o século 21, como empreendedorismo, tecnologia, colaboracionismo, entre outros - fundamentais para que os jovens estejam preparados para a vida e profissão que escolherem. O método já é vivenciado por cerca de três mil alunos e está disponível para implantação em outras escolas.

EducaçãoEduinvestJuvenilTree Comunicação