Estudantes vão desenvolver habilidades emocionais em sala de aula

 

 

Aprender a lidar com as dificuldades do dia a dia não é tarefa fácil. E para estimular os estudantes a explorarem maneiras de lidar com situações como amizade, comunicação, solidão, ameaças, bullying, mudanças, perdas, entre outras, escolas da Rede Municipal de Ensino de Pederneiras (SP), contarão com o programa Amigos do Zippy. 

O programa será implementado em todos os 2° anos das dez escolas municipais e beneficiará 549 alunos do Ensino Fundamental I. Serão capacitados 38 educadores, sendo 25 professores das respectivas classes, dez tutores representantes de cada escola e mais três representantes da Secretaria Municipal de Educação – SME.

Esta iniciativa é uma parceria entre a SME de Pederneiras (SP), a Associação pela Saúde Emocional de Crianças – ASEC e AB Brasil, empresa do grupo ABF – Associated British Foods, que apoia financeiramente o projeto.

O programa compreende uma série de seis histórias intituladas "Amigos do Zippy". O Zippy é um inseto – um bicho-pau – e seus amigos são um grupo de crianças. As histórias mostram esses personagens enfrentando problemas que são familiares às crianças, dando-lhes a oportunidade de refletirem e criarem estratégias para os problemas apresentados, por meio de jogos lúdicos, que possibilitam experimentar suas sugestões na medida em que suas habilidades emocionais e sociais são desenvolvidas. O objetivo é promover o bem-estar e encorajar o aluno a explorar várias opções de solução e a pensar por si mesmo, propiciando maior autonomia e protagonismo.

A secretária municipal de Educação, Ana Paula Romero, enfatizou a importância do desenvolvimento social e emocional nas escolas: “Quando trabalhamos as emoções, ativamos nossa memória emocional, ampliamos a capacidade de conhecer o mundo e enxergar o invisível. Segundo Aristóteles, educar a mente sem educar o coração, não é educar em absoluto”, diz.

O Amigos do Zippy será desenvolvido em 25 aulas, uma por semana com duração de uma hora, até o final do ano. Cada escola receberá o material didático e visual.

“O Amigos do Zippy já beneficiou mais de 277 mil alunos de 45 cidades brasileiras, com excelentes resultados para os alunos, para os professores e para transformação do clima emocional da sala de aula. As novas habilidades aprendidas e o ambiente cooperativo que o professor constrói impactam também o desenvolvimento cognitivo dos estudantes, respondendo por melhor aproveitamento acadêmico”, explicou Tania Paris, fundadora da Associação pela Saúde Emocional de Crianças, responsável pelo Amigos do Zippy.

O papel do professor é fundamental para o êxito do programa. Ele atua como facilitador do desenvolvimento emocional das crianças. Por isso, é especialmente capacitado num processo de formação coordenado pela ASEC. A formação inicial dos professores aconteceu em fevereiro, na sede da Secretaria Municipal de Educação de Pederneiras e, neste mês, o programa começa a ser desenvolvido nas escolas.

Adriana Mazolini, supervisora de Recursos Humanos da AB Brasil, comenta a relevância da iniciativa em Pederneiras: “Ficamos felizes em poder contribuir para o futuro destas crianças, podendo melhorar a qualidade de vida delas e dos que as rodeiam. O mais importante neste projeto é contar com o apoio da Secretaria Municipal de Educação e, principalmente, dos professores, pois sem eles este trabalho não seria realizado. A AB Brasil oferece o ‘’fermento’’; o “pão’’ será finalizado pelos professores e crianças participantes do projeto”.

 

Sobre a ASEC

A Associação pela Saúde Emocional de Crianças (ASEC) é uma entidade sem fins econômicos, com equipe multidisciplinar e atividades que promovem saúde emocional para crianças, professores, pais e adultos em geral. Atuando desde 2004 com o programa educacional Amigos do Zippy e seus subprodutos, a ASEC já beneficiou mais de 300 mil pessoas no Brasil. A implementação dos programas é feita por meio de parcerias com secretarias municipais ou estaduais de educação, escolas particulares, entidades educacionais, empresas, fundações e institutos interessados em viabilizar a educação emocional no Brasil. A ASEC realiza avaliações do impacto de sua intervenção em todos os públicos que participam de seus programas e cursos, comprovando sua eficácia. Além disso, a associação é reconhecida como Entidade de defesa dos Direitos Humanos pela Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo e é registrada no Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente do município de São Paulo.

Sobre o Amigos do Zippy 

O Amigos do Zippy é um programa de educação emocional desenvolvido em escolas públicas e privadas, que ensina crianças pequenas a lidar com as dificuldades do dia a dia, estimulando-as a identificar e a falar sobre seus sentimentos, a construir estratégias para resolver problemas e a fazer escolhas que melhorem sua qualidade de vida, levando em conta os sentimentos das outras pessoas. Nos últimos 12 anos, beneficiou aproximadamente 277 mil crianças com o desenvolvimento de habilidades sociais e emocionais em 45 municípios brasileiros. O Amigos do Zippy tem sua eficácia comprovada internacionalmente na área de promoção de saúde mental pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Sua metodologia de aprendizagem está em total consonância com os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) e com o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). Além disso, em 2013, o MEC reconheceu a metodologia da ASEC de capacitação de educadores em Educação Emocional como Tecnologia Educacional promotora da Educação Integral e Integrada, na perspectiva de ampliação da jornada escolar no país e da articulação da escola com seu território.  

Associação pela Saúde Emocional de Crianças (ASEC)EducaçãoJuvenilMLA