Especial Mulher: delicadeza no design de móveis

Peças detalhadamente trabalhadas, com funcionalidade e suavidade são caracteristicas clássicas do desenho feminino

 

Peças cheia de charme, pensadas detalhadamente em cada pequeno toque, com movimento e suavidade. O mobiliário desenhado pelas designers traz toda a força e delicadeza feminina a um setor tradicionalmente masculino. O olhar atento e dedicado transforma simples móveis em peças multifuncionais, requintadas e inusitadas, transformando os ambientes em espaços únicos e cheios de vida.

 

Por compreender as sutis diferenças entre os projetos criados por elas, a Ligne Roset, grife francesa de mobiliário de luxo, sempre completa suas novas coleções com peças assinadas pelas mulheres designers. São novidades que abraçam o usuário, englobam todo o espaço e criam belas composições com demais itens decorativos. São peças de linhas retas e simples, o que reflete o respeito da marca francesa ao clássico e o entusiasmo constante pelos traços mais contemporâneos.

 

Dentre os importantes nomes femininos da Coleção 2015 da Ligne Roset, destacam-se as renomadas francesas Inga Sempé e Marie Christine Dorner.

 

 

A parisiense Inga Sempé é uma designer versátil, que deixa sua elegância nas mais variadas criações como objetos, móveis e luminárias. Após trabalhar alguns anos com a renomada designer francesa André Putman, Inga abriu seu estúdio próprio em 2000, onde desenha peças que complementam as lacunas e necessidades cotidianas. O caráter forte de Inga reflete em seu design, onde o foco é a união harmônica entre praticidade, funcionalidade, simplicidade e beleza estética. Sua inspiração vem do olhar curioso da rotina diária de seu próprio lar. A experiência com vários tipos de tecidos, que vão desde veludos até os couros, foi primordial para o design desta linha.

 

Mais do que nunca, Inga Sempé permanece fiel ao seu princípio: desenvolver peças úteis e práticas, com soluções elegantes, poéticas para a vida cotidiana.Dentre os prêmios mais relevantes, Inga conquistou ELLE DECORATION Internacional Design Awards 2011, Interior Innovation Award Cologne 2010, Red Dot Award 2010 (com o icônico sofá Ruché) e Red Dot Awards 2007 e Grand Designs Awards 2007 (Sofá Moël). Em 2015, a profissional assina a poltrona Beau Fixe, um dos sucessos nas feiras Cologne 2015 e Maison & Objet. Todas as peças lançadas sob a marca Ligne Roset.

 

 

 

O multicultural "toque francês", um gesto perfeccionista que une as habilidades tradicionais com alta tecnologia são as característica marcantes do trabalho da designer Marie Christine Dorner, que insere elegância e requinte em cada peça assinada. Criatividade francesa, com seu conhecimento do que outras culturas importantes transformar seu trabalho em "arte de viver". Sua jornada traduz esta energia única, onde as viagens moldaram sua carreira. Aos 25 anos, decidiu realizar uma turnê mundial onde, em Tóquio, firmou uma importante parceria com IDEE, um ponto de referência no mundo do design internacional. Deste encontro, nasceu sua primeira peça premiada, uma coleção inteira, ainda hoje muito admirada no Japão. Philippe Starck escreveu o prefácio deste catálogo para ela.

 

Em seu retorno a Paris, ela se tornou uma figura emblemática no ressurgimento do projeto na França, se tornando a responsável pelo design do hotel La Villa em Saint-Germain des Prés, considerado o primeiro hotel de design em Paris, além do desenho do restaurante do Comédie Française e, em 1990, da tribuna presidencial para o 14ª celebrações de julho. Paralelamente a seu trabalho de design, lecionou no Royal College of Art, a pedido de Ron Arad. Em 2004, sua exposição “Une forme”, que aconteceu em Paris e Japão. Marie Christine Dorner se formou com honras pela École Camondo em Paris e foi premiada com o Grand Prix du design de la ville de Paris, em 1995. Em 2012, ela foi premiada com a medalha Chevalier de l'Ordre des Arts et des Lettres.

 

Entre seus lançamentos para a Ligne Roset em 2015, destacam-se a escrivaninha Koya, um dos carros chefes da marca nas feiras Maison & Objet e Cologne, o extremamente confortável e envolvente sofá MCD 2015, e a irreverente mesinha Phobos, que traz o cobre de volta ao destaque do design.

 

 

Sobre Ligne Roset – No Brasil, a Ligne Roset possui um espaço de 300 m² onde é possível encontrar uma vasta seleção de móveis, acessórios, luminárias, tapetes e sofás, assim o clássico Togo, do designer Michel Ducaroy, e Elisée, assinado por Pierre Paulin. A grife de luxo Ligne Roset é conhecida mundialmente pela parceria com mais de 150 estúdios de design de diversos países e busca a essência cultural e a personalidade de cada designer para trazer desenhos exclusivos, aliados ao conforto e à identidade de cada consumidor. A multinacional tem fábricas na França (sede em Briord), e mais de 200 lojas exclusivas, além de 1.000 distribuidores varejistas. A grife supervisiona de perto todo o processo de criação de seus produtos e por isso, consegue manter os mais altos padrões de qualidade e sustentabilidade, hoje presentes em todas as suas etapas de produção.

CarreirasFemininaLigne RosetPBD Infinity