Professores da rede pública na Feira do Livro de Bogotá

Mais de 30 professores de escolas públicas de São Paulo, Rio de Janeiro e Natal vão participar da Feira Internacional do Livro de Bogotá (Filbo), na Colômbia. A visita faz parte do Intercâmbio Brasil-Colômbia, do concurso Escola de Leitores, promovido pelo Instituto C&A, que mobiliza comunidades escolares para apresentar e aprimorar projetos voltados à formação de leitores de literatura.


Sobre o Instituto C&AA viagem teve início no domingo, 26 de abril, quando uma comitiva formada por 14 professores de São Paulo, 14 do Rio de Janeiro e dez de Natal, além de representantes das respectivas Secretarias Municipais de Educação, embarcaram para a Colômbia. O país sobressai na América do Sul pelas políticas públicas voltadas ao desenvolvimento de leitores e por seu sistema de bibliotecas-parque.

A formação internacional começou pela cidade de Medellín, região pioneira na implementação de uma rede de bibliotecas públicas e comunitárias na Colômbia. Os professores brasileiros conheceram, entre outras, a Biblioteca Parque San Javier, localizada em uma comunidade socialmente vulnerável e marcada pela violência, onde é desenvolvido o projeto de uma agroteca, espaço de leitura literária acompanhada do plantio de plantas típicas da região. A biblioteca tem salas de informática, infantil, audiovisual, salão de exposições e lanchonete. O local tem um acervo de 22 mil títulos e recebe diariamente mil visitantes.

Escola de Leitores

O concurso Escola de Leitores é uma ação do programa Prazer em Ler, do Instituto C&A, que visa mobilizar comunidades escolares para implementação e aprimoramento de projetos e políticas de formação de leitores de literatura, em redes municipais de ensino. O concurso é realizado em parceria com as Secretarias de Educação das cidades participantes e é destinado a escolas de educação infantil, ensino fundamental e educação de jovens e adultos (EJA).

Sobre o programa Prazer em Ler

O programa Prazer em Ler foi criado em 2006 e tem por objetivo contribuir para a efetivação do direito à leitura, por meio da formação de leitores, da formulação e do aperfeiçoamento de políticas públicas. Suas principais frentes de trabalho são o apoio ao desenvolvimento de polos de leitura, a promoção da leitura literária em escolas públicas, por meio do concurso Escola de Leitores, e o fomento a ações de disseminação da importância da leitura. O programa apoia o desenvolvimento de projetos de leitura em ONGs, escolas, bibliotecas e outros espaços institucionais. Também dissemina a importância da leitura na sociedade em geral e se articula com os diferentes agentes que atuam ou possam atuar na promoção da leitura. 


O Instituto C&A foi criado em 1991, com o objetivo de planejar, gerenciar e executar a política de investimento social da C&A. A instituição atua com foco na promoção da educação de crianças e adolescentes, por meio de alianças interinstitucionais e do apoio a organizações da sociedade civil. Em 2015, o Instituto C&A passou a representar a C&A Foundation no Brasil, organização social de origem privada, que possui iniciativas voltadas à melhoria das condições de vida de pessoas ligadas ao setor têxtil e à ajuda humanitária.

Com o respaldo da fundação, o Instituto C&A amplia suas atividades no País. Além dos já fortalecidos programas das áreas de Educação, Arte e Cultura; Desenvolvimento Institucional e Comunitário; e Mobilização Social, o Instituto C&A constitui uma frente de trabalho dedicada à melhoria das condições de vida de pessoas ligadas ao setor têxtil, com ênfase em produto (apoio ao desenvolvimento de matérias-primas mais sustentáveis), fornecimento (apoio à indústria de vestuário para reduzir o impacto ambiental de suas operações) e pessoas (melhoria das condições de vida daqueles que participam da cadeia de fornecimento de vestuário).


Desde a sua criação, o Instituto C&A já investiu mais de US$ 112 milhões, em 1.820 mil sociais, em mais de cem cidades. Tais ações envolveram aproximadamente 1 milhão de pessoas, especialmente crianças, adolescentes e educadores.

Legenda da foto: Grupo de professores brasileiros conhecem a Biblioteca Parque San Javier, em Medellín, durante o Intercâmbio Brasil-Colômbia, do concurso Escola de Leitores, promovido pelo Instituto C&A.

Crédito da Foto: David Ossa

 

Sheila Pereira –  sheilapereira@rp1.com.br
William Crispim - williamcrispim@rp1.com.br
Fernanda Amorim – fernandaamorim@rp1.com.br

RP1 Comunicação
Tel.: 11 5501-4655
www.rp1.com.br

EducaçãoInstituto C&ALiteraturaRP1 Comunicação