Em São Paulo, empregos na construção já caíram 5,03%

Números apresentados no estudo da Conjuntura da Cadeia da Construção divulgados pela ABRAMAT - Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção – apontam que os empregos na indústria de materiais de construção caíram 5,03% em São Paulo nos primeiros três meses de 2015, em comparação ao mesmo período do ano passado.

 

Os dados apontam ainda para uma queda de 0,94% em relação ao mês de fevereiro deste ano. Ao todo, 232.517 postos de trabalho foram registrados no primeiro trimestre deste ano.

 

Para Walter Cover, presidente da ABRAMAT, a queda de 7,4% na produção de materiais de construção resultou na perda de postos de trabalho esse ano. “A queda da produção da indústria é maior do que a queda nos empregos. Se nos próximos meses esta retração na produção continuar, com certeza ocorrerão mais demissões”, afirma.

 

Sobre a ABRAMAT

 

Desde a sua fundação, em abril de 2004, a ABRAMAT acompanha e contribui para o crescimento da Construção Civil no país, atuando como interlocutora do setor junto ao Governo e aos demais agentes da cadeia produtiva da construção civil. A entidade representa aproximadamente 70% de toda indústria dos materiais de construção. Entre os temas que representam os focos de atuação da entidade estão: a competitividade da indústria, a desoneração fiscal de materiais para construção, a conformidade técnica e fiscal na produção e comercialização dos materiais, a profissionalização da mão-de-obra da construção, o inventivo ao desenvolvimento da construção industrializada (pré-moldados) e a responsabilidade socioambiental dos agentes do setor.

AbramatCarreirasHolofote Comunicação ltdaIndústria