Arquitetura sustentável com tijolos ecológicos

Juliana Lahóz Arquitetura explica três motivos para escolher esse sistema construtivo em projetos

 

Pensar na sustentabilidade em construções é muito importante nos dias de hoje. Com recursos mais escassos, é preciso colaborar cada vez mais com o meio ambiente. A arquiteta à frente do escritório Juliana Lahóz Arquitetura costuma indicar possibilidades de materiais sustentáveis em seus projetos, sendo um deles o tijolo ecológico. Juliana Lahóz explica três motivos para adotar esse tipo de sistema construtivo.

 

1.Meio ambiente
 

Tijolos ecológicos são uma mistura de argila e cimento não queimado em forno, mas curados com água. Assim, não geram gases poluentes, nem tão pouco se beneficiam do desmatamento, visto que, em média, para a queima de mil unidades de tijolos cerâmicos convencionais, são utilizadas cerca de seis árvores de médio porte.

 

2.Economia de tempo e dinheiro
 

Esse tipo de tijolo possui encaixes que favorecem o alinhamento das paredes, reduzindo a quantidade de massa de assentamento e resultando em menos gasto para quem escolhe o material. “Com esse material, o peso das estruturas é distribuído ao longo da parede, portanto, também não há necessidade de superestrutura de concreto”, explica a arquiteta. Também devido a esses encaixes, o tempo de finalização do projeto tende a diminuir cerca de 30% se comparado a alvenaria convencional. Além disso, por terem furos centralizados, evitam quebras para instalação de sistema hidráulico e elétrico, gerando menos entulho e resíduos.

 

3.Esteticamente bonito
 

Caso prefira, não é necessário rebocar e pintar, economizando materiais e tempo para finalização da obra. Tijolos ecológicos já possuem um bom acabamento e são esteticamente bonitos quando aparentes. Caso queira deixar sem revestimento, é preciso apenas de um impermeabilizante à base de silicone ou acrílico para finalização. O uso desse material ecológico deixa qualquer projeto mais sustentável, colaborando com o meio ambiente e ainda ajudando a economizar tempo e dinheiro para sua obra. Motivos é que não faltam para escolher esse tipo de tijolo, não é mesmo?

 

Sobre Juliana Lahóz Arquitetura:

 

Há 18 anos no mercado de arquitetura e decoração, Juliana Lahóz está a frente do escritório que leva seu nome, conhecido por oferecer toda a atenção para o cliente, atendendo as necessidades de cada projeto, além de ter como diferencial o acompanhamento e execução das obras. Juliana Lahóz é graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, PUC-PR, e tem especialização em Gerenciamento de Obras pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná, UTFPR. 

 

Serviço:

 

Juliana Lahóz Arquitetura-  CAU: A28553-6

Avenida Nossa Senhora da Luz, 499, em Curitiba (PR)

Horário de atendimento: Segunda a sexta-feira, das 08h às 12h e das 13h30 às 18h.

 http://www.julianalahoz.com/

 

Arquitetura e ConstruçãoBG ComunicaçãoJuliana Lahoz ArquiteturaSustentabilidade