Como escolher o melhor laboratório para realizar os exames

 

*Por Rafael Urbach
 

Quem nunca foi fazer uma consulta médica e saiu com uma bateria de exames para realizar e depois voltar ao médico? Nessa hora podem surgir algumas dúvidas, como: onde ir e como realizar esses exames. Além disso, acontece também o problema de ter que realizar um exame em cada laboratório ou clínica, muitas vezes por falta de conhecimento.

São Paulo, por exemplo, tem milhares de laboratórios, clínicas de imagem e hospitais que realizam exames. Diante de tantas opções, como escolher? Pensando nisso, listamos quatro pontos que podem te ajudar nesse momento tão importante:

1) Higiene é item primordial – quando falamos de saúde, visitar um local higiênico é o mínimo que esperamos. Por isso, quando se dirigir a um laboratório, avalie a organização e processos, bem como se os colaboradores responsáveis pela coleta e procedimentos utilizam luvas descartáveis e jalecos. Também fique atento se os tubos e frascos utilizados são descartáveis e identificados com o nome de cada paciente e o código de controle. Itens como chão limpo nos boxes de coleta e áreas de espera e se as paredes são pintadas por tintas laváveis e em cor clara, também devem ser levados em consideração.

2) Indicadores de qualidade – existem associações de classe ou organizações independentes que atestam e auditam a qualidade dos processos em laboratórios, clínicas e hospitais. Vale pesquisar sobre alguns indicadores, como processos de acreditação, certificação e programas de qualidade, que podem te ajudar a escolher o local que segue as melhores práticas.

3) Localização – sabemos que alguns exames pedem que o paciente faça jejum ou exigem cuidados após sua realização, por isso a localização do laboratório pode ser tão importante. Caso tenha passado por uma sedação, por exemplo, você não poderá dirigir ou manusear equipamentos que causem risco. Nesses casos, escolher um laboratório de fácil acesso pode ajudar, além de ser um motivo a menos para postergar a realização do exame.

4) Especialização profissional – por último, mas não menos importante, vale destacar que ainda é possível consultar o currículo ou perfil do profissional responsável por cada tipo de procedimento. Consulte as informações do laboratório, analise a formação e pós-graduação, títulos de especialistas ou mesmo cursos extras que foram realizados por esse profissional. Sabemos que experiência prática é muito importante, mas uma boa educação formal atesta a qualidade desse profissional.

Quando tratamos de saúde, todo cuidado é pouco. Portanto, nenhuma pesquisa é demais e, claro, se pudermos reunir a qualidade de um laboratório com a proximidade de sua região, melhor ainda. Fique atento.

*Rafael Urbach é cofundador do Mundo dos Exames, plataforma que auxilia pacientes a entender com detalhes seus pedidos de exames e encontrar o melhor laboratório para realizá-los. Com um banco de dados produzido por médicos e profissionais da área da saúde, a plataforma tem o objetivo de informar de maneira objetiva e simples sobre procedimentos, reações, contraindicações e cuidados após a realização de cada um dos exames. A plataforma também ajuda na busca por laboratórios que realizam os exames pesquisados, considerando a localização geográfica do paciente e o perfil do seu plano de saúde ou da rede particular de atendimento. Atualmente, conta com mais de 250 exames distribuídos em análises clínicas, ultrassonografia, ressonância magnética, tomografia computadorizada e exames endoscópicos.

 

 

Mundo dos ExamesPiaRSaúdeSaúde Pública