5 motivos para fazer sua viagem de fim de ano de ônibus

 

Seja para descansar ou visitar familiares e amigos, muitos brasileiros aproveitam o recesso de final de ano para viajar. De acordo com o Guichê Virtual, startup líder na venda de passagens de ônibus pela internet no país, no mês de dezembro as vendas crescem 40% na comparação com a média dos outros meses. Com os constantes investimentos das companhias de ônibus para fidelizar os clientes, viajar de ônibus tornou-se o meio mais barato, seguro, confortável e prático de se viajar. Confira abaixo cada um dos motivos e agende já sua viagem de final de ano. 

1) Preço
O preço da passagem de ônibus sofre poucas variações de empresa para empresa e não acontecem muitos reajustes ao longo do ano. Os valores normalmente mudam apenas de acordo com o tipo de acomodação: convencional, executivo, semileito e leito cama. Neste ano, com a situação econômica complicada para todo mundo, muita gente já garantiu sua passagem através do site. Prova disso é que segundo o Guichê Virtual, o número de passagens vendidas para dezembro cresceu 40% em relação ao mesmo mês do ano passado.

2) Aeroportos lotados e problemas relacionados
Somente em dezembro do ano passado, 21 milhões de passageiros passaram pelos 60 principais aeroportos brasileiros. Nessa época, problemas como roubos, extravios de mala, atrasos, cancelamento de voo e overbooking (quando se vende mais passagens do que há de lugares) são bastante comuns. Nesse momento, alguém vai dizer: mas também há tumulto na rodoviária. Aí que o Guichê Virtual entra em ação. Comprar a passagem pela internet é mais cômodo e resolve o problema de quem precisa garantir sua passagem logo, mas está sem tempo para enfrentar as filas quilométricas nos guichês das empresas.

3) Estradas lotadas
De acordo com a Agência de Trânsito do Estado de São Paulo (Artesp), somente as estradas que passam pela Grande São Paulo receberam 4 milhões de veículos no dia do Revéillon 2015. Para este ano, esse número deve ser ainda maior. Para não se estressar com o trânsito e garantir a segurança, melhor viajar recostado em uma confortável poltrona de ônibus, não acha? Além do mais, as empresas de ônibus trabalham com motoristas e operadores capacitados e que seguem regras rígidas de segurança. É obrigatório estar bem descansado para viajar, por isso há a troca de turno, diminuindo a incidência de acidentes.

4) Conforto
Foi-se o tempo em que as pessoas viajavam de ônibus somente por necessidade e chegavam ao destino com as costas doendo. Hoje as companhias de ônibus evoluíram de um modo que é mais confortável viajar de ônibus do que de avião ou de carro. Além do investimento no conforto (ar condicionado, wi-fi e aumento do espaço interno) e alta tecnologia aplicada aos motores dos veículos, as empresas construíram salas VIP para os passageiros esperarem com mais conforto e alinharam suas operações com empresas como o Guichê Virtual, que agilizam e facilitam a compra via internet.

5) Praticidade
Além de comprar pela internet, para viajar de ônibus você pode chegar na rodoviária com uma mínima antecedência, algo impensável no caso dos aeroportos, onde é necessário fazer check-in e despachar as malas horas antes. Para completar, a diversidade de horários disponíveis quando se vai de ônibus é infinitamente maior, principalmente agora nessa época, com as companhias colocando cada vez mais ônibus extras para atender a demanda.

Sobre o Guichê Virtual
A plataforma do Guichê Virtual permite que as pessoas comprem passagens de ônibus de diversas empresas para todo o Brasil. A startup foi fundada pelos empreendedores Thiago Carvalho, Rodrigo Barbosa e Halyson Valadão, trio de engenheiros do Instituto Tecnológico Aeronáutico (ITA).A empresa entrou em operação no início de 2013 com capital próprio dos sócios, e em 2016 recebeu sua primeira rodada de investimentos, liderada pela gestora de capitais Kaszek Ventures - fundo liderado por Hernan Kazah e Nicolas Szekasy, Cofundador e ex-CFO do Mercado Livre, respectivamente.Neste ano, a Guichê Virtual pretende consolidar sua liderança de mercado e superar a marca de 2 milhões de passagens vendidas.

 

 

 

Guiche VirtualNacionalNR-7 ComunicaçãoTurismo