Dicas de como escolher a pedra para a bancada do banheiro
Nenad Radovanovic
Clique na imagem para fazer o Download...
Bancada de cozinha com granito Café Imperial, projeto do designer de interiores, Claudiney Simião
Alta | Web
Nenad Radovanovic
Clique na imagem para fazer o Download...
Ambiente com Granito Branco Itaúnas, projeto do arquiteto Filipe Bender
Alta | Web
Nenad Radovanovic
Clique na imagem para fazer o Download...
Bancada com Mármore Golden Beach, projeto do arquiteto Lúcio Albuquerque
Alta | Web

Os granitos e Silestones estão entre os favoritos na hora de compor esses ambientes

Usadas para compor bancadas, paredes e pisos, as pedras naturais são garantia de um espaço estruturado e acolhedor. Dentre os ambientes que mais usam este tipo de revestimento estão os banheiros e cozinhas. Saber qual é a melhor opção e, principalmente, em que áreas a utilização das rochas é mais recomendada, são as principais dúvidas que surgem ao decorar ou renovar estes espaços.

De acordo com o diretor técnico do Studio Carrara, Paulo Dvulhatka, hoje, no mercado, há diversas opções de pedras naturais que podem revestir banheiros e cozinhas, dentre elas, mármore, granito, e as pedras industrializadas como Silestonee Dekton. “As rochas naturais são muito solicitadas pelos clientes para compor estes espaços. As industrializadas estão ganhando cada vez mais adeptos, principalmente por não precisarem de impermeabilização”, explica.

O investimento com mármore e granito é menor se comparado ao de pedras industrializadas. Muito utilizado principalmente nas bancadas das cozinhas, o metro quadrado do granito custa em torno de R$800. Já as pedras industrializadas, entre elas o Silestone e Quartzo, tem o seu metro quadrado variando entre R$300 a R$1200. A diferença do granito Preto São Gabriel com o Silestone White Storm pode variar até 70%.Porém, as pedras industrializadas contam com diversas vantagens que fazem delas uma opção cada vez mais solicitada pelos clientes”, destaca.

Para a limpeza e melhor manutenção das pedras, recomenda-se usar apenas pano úmido e evitar produtos corrosivos, porque podem danificar tanto o mármore como o granito. Estes cuidados são fundamentais para garantir a durabilidade e beleza do material.

Sobre o Studio Carrara:
O Studio Carrara, nome derivado do mármore da cidade Carrara, na Itália, processa, executa e instala peças em mármores, granitos, ônix e superfícies de quartzo, como o Silestone. Com experiência no setor há 30 anos, o diretor técnico Paulo Dvulhatka e o arquiteto e diretor comercial Joaquim Guimarães comandam o Studio desde sua fundação, em 2013, visando otimizar o uso de materiais e ter o menor prazo de entrega do mercado. O diferencial está na especialização em pietra fina, um processo de corte exclusivo que vem conquistando quem busca um acabamento impecável.

Serviço:
Studio Carrara
Rua Vinte e Cinco de Dezembro, 230 - Estância Pinhais, Pinhais/PR

Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 7h às 17h
www.studiocarrara.com.br

BG ComunicaçãoDecoraçãoDecoração e ArquiteturaStudio Carrara