FGV lança primeira Cátedra OMC no Brasil

Ex-ministro Celso Lafer e vice-diretor-geral da OMC, David Shark, estão entre os convidados do evento

 

A Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV/EESP) e a Organização Mundial de Comércio (OMC) lançam, na próxima sexta-feira (5), em São Paulo, no auditório da EESP, a primeira Cátedra da OMC no Brasil. O Centro do Comércio Global e Investimento (CCGI) da Escola de Economia foi escolhido pela OMC para exercer as funções da Cátedra OMC no Brasil, juntamente com outros institutos de países em desenvolvimento. O lançamento acontecerá durante a Conferência Internacional “O Papel da OMC no Século 21”.

 

A iniciativa tem como objetivo promover e apoiar atividades acadêmicas na área do sistema do comércio internacional, principalmente no âmbito do marco regulatório da Organização Mundial do Comércio e dos acordos preferenciais. O intuito é aprofundar o debate entre o mundo acadêmico, empresas e governo.  O evento terá como representante da OMC o vice-diretor-geral David Shark, e contará com a presença do professor e ex-ministro Celso Lafer e dos embaixadores Clodoaldo Hugueney e Paulo Estivallet de Mesquita.

 

O CCGI foi criado em setembro de 2010 pela professora Vera Thorstensen com o objetivo de integrar as áreas de economia, direito e administração de empresas da FGV em uma abordagem diferenciada do comércio internacional, centrada na pesquisa e análise da regulação e competitividade econômicas nas suas diversas esferas: multilateral, preferencial (incluindo os mega-acordos), bilateral e por país. Conta também com o Núcleo de Modelagem Econômica e o Observatório de Câmbio.

 

Os temas de análise incluem: regulação da OMC, solução de controvérsia, barreiras regulatórias (TBT, SPS e PP), agricultura, serviços, defesa comercial,energia propriedade intelectual, cadeias globais de valor, comércio e câmbio, concorrência, investimentos, meio ambiente e mudanças do clima, padrões trabalhistas, direitos humanos e inter-relação entre comércio e desenvolvimento sustentável.

 

Caro jornalista, confira a programação adiante. Caso queira acompanhar o evento, peça seu credenciamento à assessoria de imprensa até 4/12.

 

 

SERVIÇO

 

O que: Conferência “O papel da OMC no século 21” e Lançamento da Cátedra OMC no Brasil

Data: 5/12/2014, das 9h às 17h

Local: Auditório FGV-Itaú

Rua Itapeva, 432, Bela Vista, São Paulo

PROGRAMAÇÃO

9h a   9h30     

Café de boas-vindas

9h30 a 10h

 

Sessão de abertura

Convidado: Professor Celso Lafer, ex-ministro das Relações Exteriores do Brasil e ex-presidente da OMC DSB

10h a 10h30

OMC: Os desafios à frente

Keynote speaker: David Shark, diretor-geral adjunto da OMC

 

10h30 a 12h15

 

 

Por que a OMC é importante para o Brasil

Palestrantes: Clodoaldo Hugueney, ex-embaixador do Brasil na OMC; Paulo Estivallet de Mesquita, chefe do departamento de economia – MRE; Daniel Godinho, secretário do comércio exterior e ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio; Tomas Zanotto, diretor da Fiesp; e Diego Bonomo, gerente executivo de Comércio Exterior da CNI

12h15 a 13h

Lançamento da Cátedra OMC

Palestrantes: Emanuel Ornellas, representante da reitoria da FGV/EESP; Vera Thorstensen, chefe do Centro Global de Negócios da FGV/EESP

13h a 14h

Almoço

14h a 15h30

Os desafios da política comercial brasileira

Palestrantes: Alberto do Amaral Júnior, professor da Universidade de São Paulo especialista em OMC; Eduardo Viola, professor da Universidade de Brasília; Fabio Morosini, professor da Universidade do Rio Grande do Sul; Aluisio Lima Campos, professor da American University, de Washington, e presidente do Instituto ABCI; Sandra Rios, diretora do Centro de Estudos de Integração e Desenvolvimento (CINDES)

15h30 a 17h

Sessões de trabalho da Cátedra da OMC – Rede Brasil

Grupos de trabalho: GT1: Organização Mundial do Comércio e Direito Internacional Público; GT2: Acordos Preferenciais de Comércio e Mega-Acordos; GT3: Agricultura e Segurança Alimentar; GT4: Propriedade Intelectual; GT5: Comércio de Serviços – GATS; GT6: Cláusula Social e Direitos Humanos; GT7: Barreiras Regulatórias: TBT, SPS e Padrões Privados; GT8: Cadeias Globais de Valor (CGVs); GT9: Solução de Controvérsias; GT10: Concorrência; GT11: Investimentos; GT12: Defesa Comercial; GT13: Acordos Plurilaterais; GT14: Desenvolvimento Sustentável na OMC; GT15: Comércio, Câmbio e Finanças; e GT16: Agenda da OMC Pós-Bali

 

 

EconomiaFGVInsight ComunicaçãoNegócios Globais