Dicas para montar um home office confortável e funcional
Nenad Radovanovic
Clique na imagem para fazer o Download...
Projeto da LBW Arquitetura traz um home office minimalista no quarto do casal
Alta | Web

Os principais pontos de atenção estão na iluminação e na ergonomia


Atualmente, muito se fala em qualidade de vida e gestão do tempo. Além disso, o momento da economia nacional exige cuidados e contenção de despesas. Nesse sentido, muitas pessoas priorizam as alternativas que levam a isso como, por exemplo, a adoção do Home Office. Segundo a arquiteta Letícia Bowoniuk, em seu escritório este ambiente é cada vez mais incorporado nos projetos de residências, devido ao ritmo de vida das pessoas. “A concepção de home office é ter um espaço dedicado ao trabalho na sua própria casa, um ambiente projetado especialmente a isso e que pode ser grande ou pequeno, ou mesmo só de passagem”, explica a arquiteta que comanda a LBW Arquitetura e Interiores.
 

Normalmente este escritório em casa pode ser um local para uso diário ou somente para algumas horas. Tem casos em que a pessoa trabalha em uma empresa e também em seu lar autonomamente, em períodos alternativos. As possibilidades são variadas e apresentam mais benefícios que desvantagens. “Adotamos esse método de trabalho porque ajuda a escapar do trânsito, reduz despesas e ainda proporciona melhor produtividade, porque focamos em resultados. Para atividades que exigem concentração, estar longe do ‘burburinho’ da empresa e do telefone tocando ajuda muito. Trabalho assim já faz 1 ano, e no início achei que não teria disciplina para trabalhar em casa, mas agora gosto”, conta Carla Baldicera, especialista em logística em uma empresa multinacional. Ela e os demais colegas podem escolher um dia da semana para trabalhar remotamente, e Carla possui um escritório em casa que está adaptado para estes momentos.
 

“Adotar o home office é como ter um mini escritório dentro da sua própria casa, e ele deve priorizar o conforto”, ressalta Letícia. “Esse escritório pode ser constituído basicamente de mesa de trabalho para o computador, cadeira confortável que esteja alinhada com a altura correta da tela do monitor, apoio para os pés e iluminação adequada, que privilegie a leitura e concentração, e ainda nichos para livros, pastas, documentos eventuais”. A arquiteta ainda lembra que esse espaço pode ser mais elaborado, com poltronas e até mesmo uma pequena mesa de reunião, dependendo da demanda e do foco do trabalho.
 

Como é um escritório em casa, ainda que ele possa ter um estilo próprio, é preciso harmonizá-lo com a decoração e o mobiliário já presente na residência, especialmente se for projetado para um ambiente sem divisórias, afirma Letícia. Para quem está renovando uma área, ou está em obras, e planeja ter um home office, a dica da profissional é utilizar recursos como uma zenital que permitam bom aproveitamento de luz natural. A arquiteta também acha interessante o local interagir com as áreas externas como jardim ou, se não for possível, trazer para o ambiente quadros de cidades ou paisagens, imagens que geram tranquilidade e harmonizem o local.

 

Sobre Letícia Bowoniuk Arquitetura & Interiores

Formada em Arquitetura e Urbanismo pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, a curitibana Letícia Bowoniuk criou seu escritório de arquitetura e design de interiores para trazer ao mercado sua assinatura e desenvolver projetos residenciais e comerciais com a união dos estilos clássico, moderno e contemporâneo. Sua principal diferença é o desenvolvimento do trabalho junto ao cliente, estudando o seu perfil e suas necessidades, e criando, deste modo, um atendimento personalizado com suporte durante e pós conclusão das obras.

 

Serviço

Letícia Bowoniuk Arquitetura & Interiores
CAU nº A83037/2
Rua Jornalista Paulino de Almeida, 95 – Cajuru – Curitiba (PR)
www.facebook.com/lbwarquitetura   

BG ComunicaçãoBG ComunicacaoDecoraçãoDesign