Principais cortes nos orçamentos com a crise
 

Levantamento realizado pelo PiniOn indica que 91% dos respondentes estão sentindo os efeitos da crise financeira no Brasil. Lazer e alimentação são as áreas mais afetadas.

 

Em meio às crises, econômica e política, instaladas em nosso país, muitos setores estão repassando os efeitos dessas dificuldades para os consumidores e os brasileiros estão sendo obrigados a mudar alguns hábitos para se adaptarem à nova realidade financeira. Uma pesquisa realizada pelo PiniOn, plataforma que combina tecnologia mobile e o crowdsourcing, com 1964 pessoas de todo o Brasil, aponta que 91% dos respondentes estão sentindo os efeitos da crise.

 

Entre estes, 91% também disseram que já tiveram de fazer cortes em seu orçamento nos seguintes itens: lazer, com 90% das respostas; alimentação (59%); transporte (42%); saúde, 17%; e educação (15%).

 

Quando perguntados sobre os aumentos dos preços, 90% afirmaram que as conta de luz e água são as que mais estão refletindo no bolso dos consumidores. 84% afirmaram que são os alimentos, 63% o transporte (aumento de combustível e passagens), 55% o de lazer e entretenimento, 49% higiene pessoal, 48% saúde (planos de saúde e medicamentos), 47% o de serviços, 37% vestuário e 33%, igualmente, para alugueis e educação.

 

A situação também afetou seus hábitos de poupança. Para todos aqueles que disseram estar sentindo os efeitos da crise econômica, 73% já tiveram de diminuir ou parar de guardar dinheiro para poder adequar seu orçamento à crise, 16% já não tinham o hábito de poupar.

 

Em comparação com 2014, 63% dos respondentes temem mais o desemprego este ano e 87% estão planejando mais os gastos neste ano. Para o segundo semestre, a maior parte dos entrevistados está muito pessimista, com 42% das respostas, e apenas 2% se disseram muito otimistas. 8% estão pouco otimistas, 18% nem otimista nem pessimista, 30% um pouco pessimista e 42% muito pessimista.

 

*A pesquisa foi realizada entre os dias 2 e 6 de julho de 2015, respondida por 1964 pessoas de todo país, acima dos 18 anos de idade.

 

PiniOn (www.pinion.com.br)

 

Fundado em janeiro de 2013, o PiniOn é uma plataforma que combina tecnologia mobile e o crowdsourcing, que capta a opinião a respeito de marcas e temas diversos bem como insights criativos de seus usuários durante o momento de consumo. Por meio do aplicativo mobile, as empresas oferecem aos usuários missões que remuneram seus usuários, de acordo com a complexidade de cada atividade. O PiniOn possibilita que os tomadores de decisão das companhias possam ter uma visão dinâmica e continua da opinião dos consumidores e seus públicos, e fornece dados para as empresas que podem ser decisivos na elaboração de suas estratégias . A plataforma já conta com 180 mil usuários cadastrados e mais de 900 mil respostas aprovadas.

 

Entre os clientes estão marcas como: PepsiCo, Diageo, Unilever, Santander, Rede Globo, Mitsubish, Ipsus, GFK, Ibope, Nestlé, Dentsu Aegis Network, Almap, Y&R, Ambev, CiaTC, entre outros.

 

FinançasFinanças PessoaisNR-7 ComunicaçãoPiniOn